Inovação

Sistema de alerta precoce de terremotos da Califórnia envia primeiro alerta público para smartphones

Sistema de alerta precoce de terremotos da Califórnia envia primeiro alerta público para smartphones

O novo sistema de alerta antecipado de terremotos em todo o estado da Califórnia, o aplicativo MyShake, enviou seu primeiro alerta público na terça-feira, um marco para o aplicativo. O alerta era para um terremoto de magnitude 4,3 que ocorreu nas montanhas entre a Costa Central e o Vale de San Joaquin e que foi originalmente estimado em 4,8.

RELACIONADOS: A CIDADE DE LOS ANGELES DESENVOLVEU UM APLICATIVO MÓVEL QUE AVISORA SEUS RESIDENTES QUANDO UM TERREMOTO ESTÁ ACONTECENDO

8,7 segundos

De acordo com especialistas citados pelo LA Times, o alerta foi enviado para 40 pessoas e levaram 8.7 segundos para sair. O aplicativo, lançado publicamente em outubro passado, usa dados de terremotos fornecidos pelo sistema ShakeAlert do U.S. Geological Survey para enviar alertas de alerta antecipado.

Esses aplicativos funcionam porque os sistemas de comunicação de hoje têm a capacidade de enviar alertas mais rápido do que as ondas sísmicas. Isso é especialmente útil em terremotos com grandes magnitudes, dando às pessoas segundos para se prepararem para os tremores que virão.

Felizmente, a fraca magnitude deste terremoto garantiu que ele só fosse sentido próximo ao epicentro no Vale de Cholame e que nenhum dano fosse relatado. o LA Times até relatou que o terremoto foi tão moderado que ninguém ligou para o corpo de bombeiros.

“Não vi nenhum dano ou efeito do terremoto”, disse o chefe Jonathan Stornetta.

Além do aplicativo MyShake, a cidade de Los Angeles possui o aplicativo ShakeAlertLA desenvolvido pela AT&T. Ambos os aplicativos serão acionados se um terremoto de magnitude 4,5 ou maior for registrado ou uma Intensidade Mercalli Modificada (MMI) de 3.

O aplicativo MyShake entrou em vigor há quase dois meses, no 30º aniversário do terremoto de Loma Prieta em 1989. Na época, UC Berkeley, o desenvolvedor do aplicativo, relatou testes que mostraram que os alertas poderiam chegar aos usuários em cerca de 3.7 segundos.


Assista o vídeo: YA VIENEN LOS SISMOS DE MAGNITUD (Julho 2021).